DSC02327

Noite em Bangkok – Khao San Road e Soi Cowboy

KHAO SAN ROAD

A Khao San Road é provavelmente a rua mais famosa de Bangkok. Ela é lotada todos os dias por pessoas dos mais variados estilos. E quando eu digo isso eu quero dizer que você realmente encontra lá desde o casal de 60 anos até jovens punk rocks. Mas nem sempre foi assim. A Khao San Road ficou famosa mesmo depois do filme “A praia” com Leonardo DiCaprio onde ele e seus amigos passam pela rua, que antes era um local mais frequentado por mochileiros mesmo.

Fomos conhecer de perto essa rua, que honestamente achávamos que seria maior. Com aproximadamente 500 metros de comprimento, a Khao San comporta um pouco de tudo. A cada dois passos você encontra uma barraquinha. A rua, como quase toda a Bangkok, é agraciada por “feirantes” de todos os tipos. Tem gente fazendo dread de um lado e de outro tem gente enchendo a cara no bar. Tem gente comprando uma blusa da Khao San Road de um lado e de outro alguém fazendo uma tatto. A comida da Khao San é um caso a parte. Aos arredores da rua você encontra algumas opções de fast foods mundiais, mas dentro da Khao San você acaba ficando mais com as opções locais mesmo, e é com elas que você deve ficar. Não, calma, não to falando pra comer escorpião, aranha ou grilo, opções famosas que você encontra lá, não, isso não é comida regional, isso é comida pra turista. Claro, se tiver coragem fique a vontade, mas o que eu sugiro é comer um bom PadThai numa das barraquinhas, comida barata (em torno de B$50), muito gostosa e mais local que comer um PadThai numa barraquinha de comida na Khao San Road é impossível.

DSC02353

Mas, como a gente sabe, uma comida pede uma bebida, não da pra ir na Khao San Road e não beber nada. E o pessoal lá leva isso bem a sério. Quando a gente foi, num domingo, o pessoal estava festando como se fosse final de semana, como se não houvesse amanhã. Existem dois bares mas ou menos no centro da rua que são os que mais bombam. Fomos no Khao Sarn, o que valeu a visita na Khao San. Não pelo bar em si, que tem uma música super alta e bebida gelada, mas pelas pessoas em volta. Como um bar fica de frente pra outro, a disputa pela clientela é forte, e do outro lado da rua a bebida parecia mais barata, já que todos do bar da frente estavam ALUCINADOS. Teve até show de dança de uma das clientes do bar no meio da rua. Uma loucura.

DSC02339

Depois de vermos tanta coisa e gente maluca por lá, antes de sairmos, uma nova roda se formou no meio da rua. Duas cordas e pessoas “alternativas”. O desafio era pular corda com duas cordas alternando. A música de fundo dava o embalo e todos em volta participavam da brincadeira.

Eu podia ficar aqui escrevendo por horas sobre a rua, sobre o que a gente viu e tudo mais, mas vou resumir: a Khao San Road é um lugar aberto pra você. Aberto pra mim, aberto para todos. Impossível se sentir deslocado lá. A rua e as pessoas te acolhem, não sei se é pela bebida, já que bêbado é amigo de todo mundo mesmo, mas de fato todos por lá passam uma energia muito receptiva e calorosa. IMPOSSÍVEL vir pra Bangkok e não parar na Khao San!

SOI COWBOY

A Soi Cowboy é a rua da bagunça, a rua do pecado em Bangkok. É nela que se concentra boa parte das casas de show (strippers) da cidade. É uma rua pequena, cheia de luzes, que lembra muito Las Vegas (ok, mini Las Vegas, bem mini). A rua é cercada por garotas vestindo micro shorts e blusas ou tops bem justos e pequenos.

Todas as boates buscam atrair os clientes para si já que a concorrência é grande e mora ao lado. Então para atrair a atenção dos possíveis clientes (em sua maioria homens mais velhos e europeus) elas fazem de tudo. Dançam, chamam, jogam beijo e as vezes até puxam os que passam por ali. A primeira vez que fomos até lá foi engraçado porque as meninas de uma das boates estavam todas vestidas com uniformes da seleção brasileira.

GOPR1751

Para quem quer buscar companhia por lá a dica é sempre conferir se o que você está levando é o que você busca. Por estar em Bangkok, líder mundial em mudança de sexo e trans, não é difícil comprar gato por lebre.

A rua é basicamente para homens que querem se divertir com os amigos ou para quem está procurando companhia pela cidade mesmo. Lá são poucas opções mais “tranqüilas” e elas se concentram nas pontas (no começo ou no final) da rua e são bares com sinuca ou musica com garçonetes também vestidas em trajes curtos.

DSC05120

Outra coisa muito famosa em Bangkok são os shows de ping-pong (que na verdade são shows de mulheres fazendo coisas, que nem sua imaginação permite pensar, com a dita cuja) e nessa rua fica fácil achar alguém te oferecendo esse tipo de entretenimento.

No fim das contas a Soi Cowboy é uma rua no mínimo diferente de tudo que a gente está acostumado a ver. Sem pudor, sem censura.

NÃO DEIXE DE CONFERIR NOSSO VÍDEO!!